Thanks for your visit. Comments or contact: sissym.mascarenhas@hotmail.com

sábado, dezembro 31, 2011

Longe de mim


Longe
Muito longe
Além do horizonte
É uma linha imaginária
Desenhada no meu ser
A voce, o bem querer
Que eu vim a conhecer
Não posso ficar ao seu lado
Contudo, deixarei guardado
Este amor latente e velado
Não lhe espero por hoje
Não lhe aguardarei amanhã
Não lhe quero nunca mais
Voce vilipendiou a essência
E usufruiu da inocência
Talvez fosse sua carência
Isso não vai mais acontecer
Bem depois do amanhacer
Assim que um dia terminar
E o outro levantar ao raiar
Então, estarei renovada
Pronta para toda vida
Sorrindo e confiante,
em paz eternamente
Longe de mim...
Tudo bem!

É fim.


Fecha-se um ciclo,
estou pronta para o seguinte.


(por Sissym)









"É fácil amar os que estão longe.
Mas nem sempre é fácil amar
os que vivem ao nosso lado."

Madre Teresa de Calcutá

sábado, dezembro 24, 2011

Neste Natal, Blogzoom faz 3 anos de alegrias

 


Não é difícil encontrar pessoas que, 

pela tristeza que carregam, vivem "por obrigação". 

Na verdade, elas quase não "vivem", apenas "suportam" a vida, 

convivendo com o desalento e esperando o "fim". 

Ao lado delas, porém, sem que percebam, 

a vida segue exuberante, ensinando, 

elevando os que se alegram com ela. 

Chegou pra nós a hora de ter boa disposição de espírito 

e de buscar a alegria que em tudo existe. 

Sigam adiante! 

Vamos viver!
FELIZ NATAL!

03 Anos de Blogzoom


terça-feira, dezembro 20, 2011

Todo mundo se machuca... Everybody hurts




Eu sei...,
que todo mundo se machuca
Mas será que um dia não mais?
Eu sou tão sensível...
não imaginei...
que me sentiria assim, murcha
Algum dia eu gritarei: jamais?
É que sou tão suscetível...

Os meus amigos tem me confortado
E eu tenho confortado os meus amigos
Sim, preciso aguentar firme novamente
É assim que faz uma Fenix.
A lua, o sol e voces tem me procurado 
Algumas vezes eu choro pelos castigos
Sinto o descaso como ação indecente
Mas é assim, vivemos por um triz

Será que eu escaparei milagrosamente?
Não sei...
Eu erro, porque acredito demasiadamente
Na esperança... 
no amor... 
nas pessoas...

Algum dia, de uma forma ou de outra
Quem sabe, aprenderei...
Infelizmente, todo mundo se machuca
Respiro para ter força...
há valor...
nas virtudes boas.

Então,
Submeto-me sem revolta,
deixo as lágrimas rolarem,
sou uma aprendiz do tempo.

O meu caminho é de pétalas.

(por Sissym)




"Escreva minha querida,e se precisar pode contar comigo sempre,
não posso ir aí enxugar suas lagrimas, mas posso tentar colocar 
um sorriso nesse rosto lindo de fada."
 Paulinho Pinheiro 


"A esperança não murcha, ela não cansa, 
também como ela não sucumbe a crença. 
Vão-se sonhos nas asas da descrença, 
voltam sonhos nas asas da esperança."
Augusto dos Anjos 


"Preocupe-se mais com a sua consciência 
do que com sua reputação. 
Porque sua consciência é o que você é, 
e a sua reputação é o que os outros pensam de você. 
E o que os outros pensam, é problema deles."
Autor desconhecido

domingo, dezembro 18, 2011

Amor tolhido



Da onde este lapso veio mal nascido?
O desejo de entrega é sempre tolhido
É a emboscada do amor sem sentido
Que pega de primeira e deixa rendido

Maldições seculares...

A inveja, o desejo, o amor mal resolvido
Brincadeira perpetua do olhar do cupido
Acerta, assopra, empurra, ri e é pérfido
Zomba da inocência, age como bandido

Desisto ?! O que faço, desisto ?!

A alegria tem sido como brisa passageira
Quando sinto-me feliz, lá vem a rasteira
Pois bem, não aceito felicidade efêmera
Eu sou leal, real, sensível e bem sincera

Inexorável!

Não me dobro às tentações melindrosas
Apenas observo sedenta contos de fadas
Neste átimo, nada é para mim, só lágrimas
Renego a tragicidade das vidas passadas

e...


Um dia, esta página vai virar.

É nisso que acredito!

Então, o sol vai ser todo meu!


(por Sissym)


quarta-feira, dezembro 14, 2011

Mamãe, azar pega na gente ?!


- Azar pega na gente?! 



 Hoje, estava ocupadíssima no trabalho e ouvi meu celular tocar. 
Pelo som, eu sabia que era minha filha telefonando (ela já está de férias...).
Corri para atender, sempre fico preocupada se é algo importante...
Então ela falou bem baixinho e em tom de profunda preocupação:

- Mãe, azar a gente pega?
- Como?!
- É. Azar pega na gente?!
- Não... - esperei pela explicação.



 
- Foi o Pedro (o primo). Ele é muito mala!
- ?!
- Ele bateu a cabeça algumas vezes... e acho que me deu azar...
- Como assim?!!!


- Depois disso, bati o meu cotovelo mais de uma vez! 
- Azar não pega não. Voce deve rezar para o seu Anjinho da Guarda. Ele ouve as crianças.  Peça a ele fazer com que voce tenha mais atenção. Vai resolver, pode confiar.
- Ah, tá bom! - e respondeu em tom de segredo, confiante e aliviada.


Então, criança não é tudo de bom?!



"Há uma inocência na admiração: 
é a daquele a quem ainda não passou pela cabeça 
que também ele poderia um dia ser admirado."
Friedrich Nietzsche

segunda-feira, dezembro 12, 2011

Ela é sexy e franca!



Olá amigos do Dihitt!

A minha amiga ultra secreta é sexy
e muito franca.

Hoje, ao abrir o blog dela... afff... fiquei roxa!  

Eu ri tanto e ainda pensei:
- "bem feito, quem mandou ler matérias a-qui?!"  rsss






Eu adoro esta musica, quando ouço, não resisto e danço,
mesmo  quando estou ouvindo deitada !!!!!  
Dedico a voce, minha amiga oculta:





Ops... QUEM É ELA ?!!! rsss

quarta-feira, dezembro 07, 2011

Operação Sorriso Brasil e o Bicampeão Mundial


A Fadinha Sissym apóia as campanhas da Operação Sorriso Brasil.
- Não posso imaginar que uma pessoa não sorria! 
Especialmente se for uma criança!


OPERAÇÃO SORRISO BRASIL - ARREBATA CORAÇÕES  
LANÇANDO NOTÁVEL CAMPANHA DE NATAL
PARTICIPEM!





Escrito por OSB | 05 Dezembro 2011
Para coroar o sucesso das missões desenvolvidas em todo o Brasil ao longo de 2011, a Operação Sorriso do Brasil (OSB) lança sua campanha de Natal, na qual irá leiloar a prancha de um dos mais renomados surfistas brasileiros da atualidade, Carlos Burle. Os interessados devem acessar o site da Operação Sorriso entre os dias 5 e 15 de dezembro e fazer seus lances on-line. O valor inicial é de R$ 700,00 (setecentos reais) e o montante arrecadado será revertido em ações que beneficiarão os pacientes durante todo o ano de 2012. O leilão será feito via MercadoSolidário, parte de responsabilidade social do site MercadoLivre. 

(...)

Para Clóvis Brito, diretor executivo da OSB, o apoio de uma personalidade como Burle ao trabalho desenvolvido pela ONG é muito importante. “Mais do que a questão estética e funcional, o lábio leporino também prejudica a função psicológica do ser humano que, muitas vezes, sofre algum tipo de preconceito. Então, quando conseguimos criar um vínculo entre os pacientes e uma personalidade, um ídolo do esporte, neste caso, aumentamos sua autoestima e eles ganham um exemplo a ser seguido. Desta forma, evolvemos sua dignidade e ajudamos a criar sonhos e um futuro melhor para essas pessoas. Esta é, com certeza, nossa maior realização e satisfação”, reforça Brito. 

Entenda o que é a fissura labiopalatina 

O lábio fissurado, ou fenda palatina, é uma abertura no lábio, palato ou tecido mole da parte posterior da boca. A causa exata desse problema ainda é desconhecida, mas esse é um problema congênito em uma etapa inicial do desenvolvimento do embrião. As consequências da fissura lábio-palatal na vida de uma criança vão além da estética e podem causar problemas auditivos, infecções crônicas, má nutrição, má formação da dentição e dificuldades no desenvolvimento da fala. Frequentemente observa-se o abandono escolar e a baixa da autoestima, ocasionando também problemas psicológicos. A cirurgia é relativamente rápida. Em média, uma cirurgia no lábio dura cerca de 45 minutos e, na manhã após a cirurgia, o paciente já está liberado para retornar para casa.

domingo, dezembro 04, 2011

Mais uma vez o amor ... Once more the love


Fadas se apaixonam?!

Eu perguntei a Deus se eu poderia me apaixonar
Ainda aguardo a resposta Divina sobre a dúvida
Pois se amo tão intensamente a vida e pessoas
Por que não posso sentir a sensação do amor?

Não cabe a uma Fada chorar tãopouco questionar
Mas meu coração está pulsando como despedida
Das raízes desta vida terrena sem sentir mágoas
Apenas este sentimento intocável e até sonhador

É tão doloroso não poder sentir esta força estranha
Que move os humanos quando deleitam apaixonados
Sublime maneira de se aproximarem a cada manhã
E dividirem cada noite, eles estão tão acostumados...

A sentirem o calor das emoções profundas e íntimas
A encostarem seus corpos e tocarem os seus lábios
A sorrirem por pura felicidade e derramarem lágrimas
A se permitirem tantos sentimentos, por serem sábios

Eu quero ser aprendiz...
Para tanto, por favor...
Deixe-me ser hoje feliz...
Sane esta latente dor...

Permita-me,

Apenas uma vez mais o amor.

(por Sissym)





Para conseguir a amizade de uma pessoa digna
é preciso desenvolvermos em nós mesmos as qualidades
que naquela admiramos.

Sócrates 

* * * * *

Três amores... 
Quem me deu 
Tão estranha sorte assim? 
Três amores, tenho-os eu 
E nenhum me tem a mim! 

Mário Quintana

terça-feira, novembro 29, 2011

Novidades no transito do Rio de Janeiro

O Rio de Janeiro está se preparando para sediar futuros jogos esportivos. 
Com isso, conta com um moderno sistema de transporte urbano. 
Mas nem tudo são flores...
Imaginem que, ontem, em plena e caótica Avenida Ministro Ivan Lins, 
na Barra da Tijuca, este transporte coletivo passou em alta velocidade. 
Barbaridade!
Deveria ser multado, mas não tinha placa para ser fotografado pela Cet-Rio.

Já na Estrada do Itanhangá, fiquei de prontidão, aguardando a
corajosa passagem desta máquina, cuja potencia é movida a 1 cavalo-força!
Na curva mais perigosa, onde há um ponto morto, ou seja, 
invisibilidade total, contando com um dia chuvoso e pistas escorregadias,
que máximo, lá veio a carroça escoltada por um ônibus solidário!




  
Amigos e curiosos, desculpem a falta de qualidade da imagem, 
mas foi tão de repente... inusitado... 
além de que a câmera de meu celular é ineficiente.


 



Não entendi, tá rindo de que?!

sexta-feira, novembro 25, 2011

Eu quero ser amada

Hoje foi compartilhado, no Facebook, o pensamento a seguir.
Infelizmente, como tantos comentários por lá, tem sido cada vez mais comum :











Este mundo... hoje habitado por espíritos frívolos
Que compartilham sentimentos vagos e traiçoeiros 
Eu não quero mais ser usada, eu quero ser amada.
Olhares, desejos, ações, vetados por protocolos
Que desprezam todos os meios mais verdadeiros
De amor, paixão, de querer o bem e ser desejada.

Lágrimas... vivo no instável e sórdido mundo novo
Oferecendo facilidades sentimentais num clique
Outras, expostas nas vitrines do poder econômico.
Transformando possibilidades num encontro solitário
Ao dilacerar os sonhos idealizados de minha psique
Não sou coisa, sou uma mulher muito apaixonada.
Pela vida.

Sou doce, autêntica e intensa.



(por Sissym)


sexta-feira, novembro 18, 2011

Pulando as poças

"- Mas o que quer dizer este poema? - perguntou-me alarmada a boa senhora. 
- E o que quer dizer uma nuvem? - respondi triunfante. 
- Uma nuvem - disse ela - umas vezes quer dizer chuva, outras vezes bom tempo..." 
Mário Quintana 

 

Esta semana, no Rio de Janeiro, choveu quase todos os dias. No horário de meu almoço, eu estava andando pelas ruas do Leblon quando percebi uma mãe segurar a mão de seu pequeno filho e dizer em tom severo:

-  Presta atenção!  Pula!  Ahhh não.... pisou! Ficou com os pés encharcados...

O menininho protegido de sua armadura, a capa, não conseguiu se desvencilhar das ininterruptas poças formadas nas calçadas cariocas esburacadas. 

Então, a minha mente mergulhou nas rasas lembranças e cutucou-me que todos nós, mães e pais, sempre temos atitudes parecidas:  Algumas vezes, molhar os pés é inevitável, deixa uma sensação desagradável, além da possibilidade de se resfriar. De um lado queremos proteger nossos pequenos, de outro, nem sempre nossos super-poderes são eficazes. Resta-nos, na pressa, supor que eles poderiam ter pulado mais uma poça... aquela enorme lagoa estagnada e, quando de galochas, divertida...


"steve johnston - rainy day children











sexta-feira, novembro 11, 2011

Para Sempre... Forever...

Para Sempre... Forever...



Para sempre...
levarei o seu nome e o seu sorriso...
como a memória do que não pude revelar nesta vida
o seu olhar, seus cabelos já grisalhos e até seus erros.

É a minha forma de ser, a indulgência
desprendida de tudo, aberta às possibilidades, ao amor eterno

Não, não desprezo nada, ninguém, só uma certa carência
altruísta de tudo, aguardando o reencontro, e é tão terno

Para sempre...
lembrarei do seu nome e do seu sorriso...
caminharei entre sombras e luzes sem ser vencida
pois acredito que nossas almas não perecerão em desterros.

Eu desejo, de todo coração, que não cultive mais espinhos
que não pise em brasas por má condução de seu destino.
Eu procuro fazer o melhor, por amor, por acreditar
que somos responsáveis pelos sonhos e pelos caminhos
Para sempre... ficaremos juntos por ação do Divino
Então Ele vai nos perdoar e permitir recomeçar.
E milhas sorrindo...(And smiling miles...)
no breve instante de um silêncio da vida.



FOREVER


(poesia de Sissym)


Sem a música, a vida seria um erro.
Friedrich Nietzsche






"As flores desabrocham para continuar a viver, pois reter é perecer.

The flowers bloom in order to continue living, because withholding is to perish."
Khalil Gibran

sexta-feira, novembro 04, 2011

Meu querido intruso e outros invasores

Estou morando num lugar muito diferente do que vivi toda a vida,
mesmo quando morei em cidade pequena, não era assim...
aqui não passam carros, nada motorizado.



"O desejo floresce, a posse faz murchar todas as coisas.
"
Marcel Proust

Eu tenho uma vizinha que tem um cachorro-gente, o Juca, já o apresentei
E 6 gatos, todos mansos e amigáveis. Sendo a Pitucha a preferida de minha filha.
Ela é muito meiga, vai aos pés de qualquer pessoa que passe perto dela.


LOLA, a gata gorda peluda e folgada, como podem notar, continua uma figura.
E pior, não aceita visitas de gatos "filhos de boa família", apenas queridos intrusos.




"A ave constrói o ninho; a aranha, a teia; o homem, a amizade."
William Blake

* * *

Contudo, hoje cedo, bem no teto do meu banheiro,
me deparei com uma visitante nada desejada: enorme aranha...


E se uma era pouca... duas eram demais...
provavelmente, elas são familiares entre si... irmãs... não sei...


"O amigo é-me querido, o inimigo é-me necessário.
O amigo mostra-me o que posso fazer, o inimigo, o que tenho de fazer."
Friedrich Schiller

quinta-feira, outubro 27, 2011

Celebrando a Eucaristia de minha filha

Aos amigos, venho participar da
Primeira Eucaristia de minha filha Laura
realizada no Rio de Janeiro, dia 26.10.2011.

A celebração foi muito bonita e ela esteve ansiosa o ano inteiro.
Usou o vestido que foi de sua tia paterna, muito bonito e delicado.
Laura parecia uma boneca e diferente com os cabelos cheios de cachinhos.

No final, um delicioso bolo e distribuição de lembranças desta data.





Neste dia, eu participei tambem de outra missa.
Ambas belíssimas.
Chamou a atenção que nelas cantamos a mesma oração,
a de São Francisco e venho compartilhar.


sexta-feira, outubro 21, 2011

Perdidos em si mesmos - Lost in themselves

Perdidos em si mesmos - Lost in themselves
Só o coração sabe - Only the heart knows
my dreams... yours...

E milhas sorrindo... And smiling miles...



Cada um perdido em si mesmo
Nos sonhos mais insanos
Na vontade de se tocarem
Na incompreensão dos destinos
Na impossibilidade de se amarem
Solitários, arremessados ao esmo

Na terra antiga do tempo adormecido
Sabem que o ritual consumirá o amor
As igrejas sagradas e os seus sinos
aclamarão para cada coração sonhador
Aos fiéis amantes: oito toques divinos
realizando em ato e festa o prometido

E assim será.




Aonde quer que estejam... o fim da eternidade...
A pessoa que busca, a pessoa que procura
Estão perdidos em si mesmos...
Porque não sabem como encontrar...
O caminho secreto do destino.

( por Sissym )



Each one lost in themselves
In the more insane dreams
In the desire to touch
Misunderstanding of the destiny
The impossibility of love
Solitaries, thrown haphazardly

In the ancient land of the long dormant
They know that the ritual will consume the love
The sacred churches and their bells
acclaim for each heart dreamer
The faithful lovers: eight touches divine
realizing in act and party promised

And it will be.

E milhas sorrindo... And smiling miles...

Wherever you are ... the end of eternity ...
The person who seeks, the person looking for
They are lost in themselves ...
They do not know how to find ...
The secret way of destiny

( por Sissym )





"O amor passa, a amizade volta,
mesmo depois de ter adormecido um certo tempo."
George Sand

"Não existe nada de completamente errado no mundo,
mesmo um relógio parado, consegue estar certo duas vezes por dia."
Paulo Coelho

sábado, outubro 15, 2011

BLOG ACTION DAY 2011: FAMINE x WASTE

I <span class=


FOOD
FAMINE
WASTE


COMIDA
FOME
DESPERDÍCIO





ALIMENTO :



"Quando Pero Vaz Caminha chegou em terras brasileiras escreveu uma carta ao Rei dizendo:

- Aqui nessa terra tudo que se planta nasce,
cresce e floresce.


Ele não podia estar mais certo. Desde então os portugueses trouxeram muitas plantas para o Brasil." (*Fiocruz)



BLOG ACTION DAT 2011: FOOD




A inspiração para este trabalho :


http://www.msf.org.br/


A realidade :


Eles estão morrendo de fome :




O desperdício de alimentos no Brasil :



"O Brasil é o quarto produtor mundial de alimentos (Akatu, 2003), produzindo 25,7% a mais do que necessita para alimentar a sua população (FAO). De toda esta riqueza, grande parte é desperdiçada.

Segundo dados da Embrapa, 2006, 26,3 milhões de toneladas de alimentos ao ano tem o lixo como destino. Diariamente, desperdiçamos o equivalente a 39 mil toneladas por dia, quantidade esta suficiente para alimentar 19 milhões de brasileiros, com as três refeições básicas: café da manhã, almoço e jantar (VELLOSO, Rodrigo. Comida é o que não falta. Superinteressante. São Paulo: Ed. Abril, nº 174, março/2002).

Instituto Akatu - pelo Consumo Consciente : visite aqui .

De acordo com o caderno temático “A nutrição e o consumo consciente” do Instituto Akatu (2003), aproximadamente 64% do que se planta no Brasil é perdido ao longo da cadeia produtiva:

  • 20% na colheita,
  • 8% no transporte e armazenamento,
  • 15% na indústria de processamento,
  • 1% no varejo,
  • 20% no processamento culinário e hábitos alimentares.

Segundo Instituto Akatu, 2004: Os números supracitados fazem do Brasil um dos campeões mundiais de desperdício. Analisando estes dados de uma forma mais simples, isso significa que uma casa brasileira desperdiça, em média, 20% dos alimentos que compra semanalmente, o que remete a uma perda de US$ 1 bilhão por ano, ou o suficiente para alimentar 500 mil famílias.

Prova deste desperdício financeiro é ressaltada pela 8ª Avaliação de Perdas no Varejo Brasileiro, em 2007, que demonstra que os supermercados perderam 4,48% de seu movimento financeiro, em perecíveis. Além disso, uma estimativa realizada pela Coordenadoria de Abastecimento da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo indicara que perdas na cadeia produtiva dos alimentos equivalem a 1,4% do PIB – Produto Interno Bruto.

Fonte: O Desperdício de Alimentos no Brasil .


Vamos acabar com o desperdício :




Uma Idéia :

Fome Zero

Crianças nascidas em situação de extrema pobreza são salvas da desnutrição e da diarreia graças a medidas simples, como a pesagem periódica de bebês, o soro caseiro e a farinha multimistura, preparada com sementes e “restos” de alimentos, como talos de verduras, cascas de frutas e ovos. O custo criança/mês é inferior a R$ 1,7.

Como resultado deste pensamento surgiu a multimistura considerada como um complemento alimentar. Composta de farelo de trigo ou arroz, pó de folhas verdes escuras (mandioca, batata doce, cenoura, espinafre, etc.), pó de casca de ovo e de sementes de abóbora, melancia, melão, gergelim, dependendo da disponibilidade de matéria-prima local.

1. Aproveitar todas as partes da planta, chamadas de comestíveis;
2. Resgatar hábitos alimentares tradicionais, perdido com a migração do homem do campo para a cidade;
3. Enriquecer a alimentação com fontes de vitaminas de baixo custo. Folhas, cascas e sementes, que geralmente são descartadas como "lixo de cozinha", teria valor nutritivo.


Trechos do último discurso Zilda Arns :


"(...) Sabemos que a força propulsora da transformação social está na prática do maior de todos os mandamentos da Lei de Deus: o Amor, expressado na solidariedade fraterna, capaz de mover montanhas."Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a nós mesmos" significa trabalhar pela inclusão social, fruto da Justiça; significa não ter preconceitos, aplicar nossos melhores talentos em favor da vida plena, prioritariamente daqueles que mais necessitam. Somar esforços para alcançar os objetivos, servir com humildade e misericórdia, sem perder a própria identidade.

Cremos que esta transformação social exige um investimento máximo de esforços para o desenvolvimento integral das crianças. Este desenvolvimento começa quando a criança se encontra ainda no ventre sagrado da sua mãe. As crianças, quando estão bem cuidadas, são sementes de paz e esperança. Não existe ser humano mais perfeito, mais justo, mais solidário e sem preconceitos que as crianças.

Como os pássaros, que cuidam de seus filhos ao fazer um ninho no alto das árvores e nas montanhas, longe de predadores, ameaças e perigos, e mais perto de Deus, devemos cuidar de nossos filhos como um bem sagrado, promover o respeito a seus direitos e protegê-los."


Curiosidades - sabedoria e simplicidade :

A minha vizinha, Marinita, contou que quando ela era jovem e morava no interior de Pernambuco, nordeste brasileiro, arroz era um artigo de luxo . Ela sonhava chegar as datas festivas para que pudesse comer este alimento. Embora o arroz não seja rico em nutrientes, ele é a base da alimentação, preparado com temperos fica simplesmente delicioso.

Eu tive por alguns anos uma diarista muito humilde chamada Regina. Uma das coisas que mais admirava nela era saber aproveitar partes dos alimentos que nunca imaginei utilizar. O que ela fazia provavelmente tem muito a ver com os princípios da multimistura. Eu ficava observando-a preparar sucos verdes de talos de folhas e comidas cozidas de sobras de alimentos. Ela era muito magrinha, porém bastante saudável e, com certeza, fome não passava porque não desperdiçava absolutamente nada.

E, sem deixar de me lembrar especialmente de meu saudoso pai, Luiz, que também não jogava fora alimentos que poderiam ser deliciosamente transformados.



Valorizemos nossas vidas e o que temos :









terça-feira, outubro 11, 2011

Infância - Childhood - L'enfance - Infanzia - Kindheit

EM COMEMORAÇÃO PELO DIA DAS CRIANÇAS - 12 DE OUTUBRO

Poesia e Lembranças




Ontem, eu era muito tímida
pequenina, porém tão destemida
brincar era a parte doce da vida
a simplicidade era sempre divertida

Bicicleta, brincadeiras de roda, artes
pique-bandeira, polícia e ladrão, queimado
salada de frutas (rsss), brincar de casinha
imaginação, desenhar e subir nas árvores

Na casa da amiguinha, dia de chuva ou de sol
inventar algumas comidinhas de mentirinhas
representar teatro amador e se vestir com lençol
e à noite, todas juntas, observando estrelinhas

Ouvindo os sapos...
Atrás dos vagalumes...
É hora de dormir...
Porque amanhã era outro dia:
- o de estudar!

Recomeçando... com amarelinhas!

(por Sissym)


No alto, a esquerda: Simone - a direita: minha irmã Marion
Embaixo, a esquerda: Cristiane, no meio Simoninha, a direita: Elaine (irmã de Cris)
Amigas até hoje!






"Mas o que quer dizer este poema? - perguntou-me alarmada a boa senhora.
E o que quer dizer uma nuvem? - respondi triunfante.
Uma nuvem - disse ela - umas vezes quer dizer chuva, outras vezes bom tempo..."
Mário Quintana



Comentário deixado de Elaine no Facebook - Amigas a mais de 40 anos:






TV Globinho, Globo Cor Especial
Vila Sésamo, Sítio do Pica-Pau Amarelo
Jeannie é um Genio, A Feiticeira
Terra de Gigantes, Viagem ao Fundo do Mar
O Gordo e O Magro, Os 3 Patetas
Os Smurfs, Topo Gigio, Robot Gigante
A Familia Adams, Os Jetsons
Zé Colmeia, A Formiga Atomica
Johny Quest, Os Impossíveis, Tarzan

quarta-feira, outubro 05, 2011

Chamando Sissi, a nobre - Calling Sissi, the noble

- Sissi, Imperatriz da Áustria: venha a-qui!

- Sissi, Empress of Austria: come here!


... e era tão simples de se notar ...

Magic in the air...




- Sissi, Imperatriz da Áustria: venha a-qui!


Eu sempre fui uma santa qualificada.
Conceito analisado pelas meninas-más da escola que diziam para mim:

- Vai virar "santinha"...

Elas não sabiam que eu já tinha asas.


O problema crucial é que eu tinha uma energia extra. Tipo a Duracell, a pilha que dura! Genuinamente extrapolada, estado vital de um espírito jovial e transcendente.

Não se preocupem, não recebia palmadas (constantemente). Isto é, nem sempre. É bom ser honesta. Aliás, nunca na minha vida pensei em denunciar meus pais por levar algumas palmadas! Se isso aconteceu é porque eu mereci 5% das vezes. Só isso, ou até menos...

Eu vivia completamente atômica e deixava minha mãe atônita.
O meu pai adorava. Especialmente quando eu virava bananeiras após o almoço. Um dia ele se explicou ao falecido tio Carlson Gracie:

- Faz bem, as vitaminas vão direto para o cérebro. Por isso só tira notas boas!

Como era a mais velha, era obrigada a servir de exemplo, mesmo quando o mal exemplo tinha dois anos e meio a menos do que eu. É o inconveniente de ser a primogênita.

"Cada cidadão deve ter a convicção de poder fazer tudo o que não contraria as leis,
sem temer outro inconveniente além daquele que pode resultar da ação da mesma."
Cesare Beccaria

Eu morava numa casa consideravelmente grande. Da porta dos fundos até a frente da casa, onde normalmente eu brincava de atividades criativas, haviam inúmeros metros. Ela retumbava na sua voz de propósitos firmes - isso quer dizer, que até hoje eu me lembro de minha mãe me chamando imperiosamente:

- Sissi, Imperatriz da Áustria: venha a-qui!

Era uma ordem, um ultimato.

E lá ia eu, pensativa (- o que é que eu fiz desta vez?!) e chateada por ela permitir que a vizinhança orelhuda soubesse da minha identidade secreta: a minha nobre realeza. Seguia de nariz em pé, calada, resiliente e pronta para ouvir palavras que não condiziam com a minha natureza simplesmente travessa:

- Ouviu? Entendeu? - me questionava.

Nunca quebrei nada... nem copos! Era extremamente organizada e concentrada. Apenas, andava pelos muros, pelos telhados e pelos galhos das árvores. Este seria um dos problemas?!

Sim, ouvi, entendi, compreendi, registrei, virei as costas e continuei a ser o que já era: uma nobre Fada. É por isso que tudo era indiscutivelmente sobrenatural ao meu redor. E assim, deixava meus pais pasmos mesmo! Vivia flutuando no mundo da imaginação!

E a dúvida que me restou, carreguei até a fase adulta, a designação de Imperatriz. Morri de medo que ela fosse muito feia ou tivesse sido degolada numa guilhotina ou qualquer coisa tenebrosa pertencente à historia do mundo. Até que enfim, um dia, ufa... fiquei mais tranquila: assisti os filmes sobre Sissi, protagonizados por uma bela, talentosa e trágica atriz austríaca. Menos mal ...


Neste mundo virtual, conheci pessoalmente Jorge Fortunato, que... afff... me chama (in)justamente de "Sissi, a Imperatriz da Austria". Eu acho que ele andou trocando idéias com minha mãe e jurou, como um nobre cavaleiro, nunca deixar este legado desaparecer da face da terra.

Interpretando fotografia:

Esquerda: Eu, a Imperatriz da Austria - 5%
Centro: A mãe da Imperatriz da Austria - 75%
Direita: A irmã da Imperatriz da Austria - 20 %


Obs.: 75% das mães não desanuviam nem o céu nem o espírito das coisas